sexta-feira, 5 de julho de 2013

2 Reis 7


ELISEU PREDIZ A ABUNDÂNCIA DE VÍVERES 

1 Então disse Eliseu: Ouvi a palavra do Senhor; assim diz o Senhor: Amanhã, por estas horas, haverá uma medida de farinha por um siclo, e duas medidas de cevada por um siclo, à porta de Samária.

SITUAÇÃO TERRÍVEL (v. 1)

A situação de Samaria era terrível e humanamente impossível de resolver. Estava cercada e o alimento estava acabando.
Assim podemos estar muitas vezes; passando por momentos que dizemos: “não da mais”; “não tem mais jeito”; “agora sim é o fim”. Calma! Deus tem uma palavra para você!

UMA PALAVRA (v. 1)

Diante da situação, veio uma palavra de Deus de que as coisas iriam mudar para melhor.
Creia também que em sua vida, as coisas vão melhorar. Deus tem uma palavra para você! Vai acontecer um milagre; as coisas voltaram ao normal!

Até aqui encontro duas coisas; uma situação terrível e uma palavra de esperança.

2 porém o capitão em cujo braço o rei se apoiava respondeu ao homem de Deus e disse: Ainda que o Senhor fizesse janelas no céu, poderia isso suceder? Disse Eliseu: Eis que o verás com os teus olhos, porém não comeras.

INCREDULIDADE (v. 2)

Um homem de influência do rei e de alta posição diante do povo duvidou e questionou a Palavra de Deus.

Cuidado! Diante de uma situação difícil, Deus te da uma palavra, mas pessoas ou pensamentos e sentimentos se apresentarão para lançar dúvidas. Não aceite a incredulidade, influência negativa de pessoas ou palavras contrarias de Deus; rejeite-as!   
Você já tem uma situação difícil e precisa agora se alimentar da palavra de esperança que recebeu de Deus, por isso não de lugar à incredulidade.

3 Ora, quatro homens leprosos estavam à entrada da porta; e disseram uns aos outros: Para que ficamos nós sentados aqui até morrermos?
4 Se dissermos: Entremos na cidade; há fome na cidade, e morreremos aí; e se ficarmos sentados aqui, também morreremos. Vamo-nos, pois, agora e passemos para o arraial dos sírios; se eles nos deixarem viver, viveremos; e se nos matarem, tão somente morreremos.

QUANDO NÃO SE TEM NADA A PERDER (v. 3, 4)

Deus pode usar facilmente uma pessoa que entender que não tem nada a perder.

Gosto desses jogos de futebol quando um pequeno clube tem que jogar contra um grande. No ano passado um pequeno time chamado Alcorcon tirou o Real Madrid da Copa do Rei da Espanha.
Eles foram jogar e disseram: “Se perdemos será normal; se ganharmos seremos heróis. Tentemos ganhar pois afinal não temos nada a perder”. O Real Madrid não podia dizer isso.

Quatro leprosos estavam sentados na entrada da cidade não tendo nada a perder. Sabiam que estavam doentes, que não tinham comida e que se continuassem ali sentados, morreriam. Então, tomaram uma iniciativa.

5 Levantaram-se, pois, ao crepúsculo, para irem ao arraial dos sírios; e, chegando eles à entrada do arraial, eis que não havia ali ninguém.
6 Porque o Senhor fizera ouvir no arraial dos sírios um ruído de carros e de cavalos, como de um grande exército; de maneira que disseram uns aos outros: Eis que o rei de Israel alugou contra nós os reis dos heteus e os reis dos egípcios, para virem sobre nós.
7 Pelo que se levantaram e fugiram, ao crepúsculo; deixaram as suas tendas, os seus cavalos e os seus jumentos, isto é, o arraial tal como estava, e fugiram para salvarem as suas vidas.

INICIATIVA (v. 5)

Conheço um irmão que sempre tem trabalho. Quando não tem, ele sai de casa na mesma hora que sairia caso tivesse um trabalho, fica procurando e quando menos espera o telefone dele toca; alguém esta procurando-o para trabalhar.

A iniciativa é um dos segredos para sair de situações complicadas.
Os quatro homens saíram nessa iniciativa de tentar.

Alguns tem o orgulho de dizer que nunca erraram e a vergonha de dizer que nunca tentaram. Os que erram tentam e os que tentam, uma hora acertam. JLS

DEUS TRABALHA (v. 5-7)

Diante de uma situação impossível, de uma palavra de esperança, de uma atitude certa, de uma iniciativa correta; vejo um Deus que trabalha!

Enquanto o povo sofria, enquanto Eliseu profetizava, enquanto os leprosos atuavam e enquanto caminhavam para o arraial dos sírios; Deus já tinha feito Sua parte.
Gosto muito de Isaías 64:4. Deus trabalha para aquele que nele espera.

Creia nessa verdade para sua vida ainda que não esteja vendo!

8 Chegando, pois, estes leprosos à entrada do arraial, entraram numa tenda, comeram e beberam; e tomando dali prata, ouro e vestidos, foram e os esconderam; depois voltaram, entraram em outra tenda, e dali também tomaram alguma coisa e a esconderam.

DESFRUTAR DA BÊNÇÃO (v. 8)

Uma vez que tudo isso tinha acontecido, agora era a hora de desfrutar da bênção. Tente imaginar quatro homens que não tinham nenhuma expectativa na vida e pelo fato da iniciativa que tiveram, agora estão como meninos em uma festa de doces.

Há tempo para tudo segundo diz a Palavra. Há tempos também para desfrutar da bênção, para sorrir, para alegrar-se.

Há filhos de Deus que não conseguem viver esses tempos, tem suas mentes condicionadas à tristeza mesmo estando em tempos de alegria. Isso não deve ser assim.
Aprendemos a somente chorar, mas Deus tem tempos de alegria para nós também.

9 Então disseram uns aos outros: Não fazemos bem; este dia é dia de boas novas, e nós nos calamos. Se esperarmos até a luz da manhã, algum castigo nos sobrevirá; vamos, pois, agora e o anunciemos à casa do rei.

LEMBRAR-SE DOS DEMAIS (v. 9)

No meio da alegria daqueles homens, eles se lembraram dos demais.
Não foram egoístas e compartiram essa alegria com seu povo.

Quando você estiver se alegrando pelas vitórias de Deus em sua vida, leve essas bênçãos para outros também dizendo: “Este dia é dia de boas novas”.

A palavra de Deus se cumpriu, o incrédulo não desfrutou da bênção de Deus, a situação de Samaria mudou, os anônimos leprosos viraram heróis, e sobre todas as coisas, o nome do Senhor foi glorificado.

Procure aplicar essa palavra em sua vida; tome a iniciativa de levar a “farinha”, mas não se surpreenda de ver Deus vindo com o “bolo”.

10 Vieram, pois, bradaram aos porteiros da cidade, e lhes anunciaram, dizendo: Fomos ao arraial dos sírios e eis que lá não havia ninguém, nem voz de homem, porém só os cavalos e os jumentos atados, e as tendas como estavam.
11 Assim chamaram os porteiros, e estes o anunciaram dentro da casa do rei.
12 E o rei se levantou de noite, e disse a seus servos: Eu vos direi o que é que os sírios nos fizeram. Bem sabem eles que estamos esfaimados; pelo que saíram do arraial para se esconderem no campo, dizendo: Quando saírem da cidade, então os tomaremos vivos, e entraremos na cidade.
13 Então um dos seus servos respondeu, dizendo: Tomem-se, pois, cinco dos cavalos do resto que ficou aqui dentro (eis que eles estão como toda a multidão dos israelitas que ficaram aqui de resto, e que se vêm extenuando), e enviemo-los, e vejamos.
14 Tomaram pois dois carros com cavalos; e o rei os enviou com mensageiros após o exército dos sírios, dizendo-lhe: Ide, e vede.
15 E foram após ele até o Jordão; e eis que todo o caminho estava cheio de roupas e de objetos que os sírios, na sua precipitação, tinham lançado fora; e voltaram os mensageiros, e o anunciaram ao rei.
16 Então saiu o povo, e saqueou o arraial dos sírios. Assim houve uma medida de farinha por um siclo e duas medidas de cevada por um siclo, conforme a palavra do Senhor.
17 O rei pusera à porta o capitão em cujo braço ele se apoiava; e o povo o atropelou na porta, de sorte que morreu, como falara o homem de Deus quando o rei descera a ter com ele.
18 Porque, quando o homem de Deus falara ao rei, dizendo: Amanhã, por estas horas, haverá duas medidas de cevada por um siclo, e uma medida de farinha por um siclo, à porta de Samária,
19 aquele capitão respondera ao homem de Deus: Ainda que o Senhor fizesse janelas no céu poderia isso suceder? e ele dissera: Eis que o verás com os teus olhos, porém não comerás.
20 E assim foi; pois o povo o atropelou à porta, e ele morreu.



Comentários e notas: JLS

Bibliografia:

Bíblia Sagrada RC, RA
Tempo com a Palavra - JLS
Strong's Numbers Bible

Ficaram com Ele - João 1.39

Clique aqui para ouvir