quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Joel 1


A TERRÍVEL CARESTIA CAUSADA PELA LOCUSTA E PELA SECA

1 Palavra do Senhor, que foi dirigida a Joel, filho de Petuel.
2 Ouvi isto, vós anciãos, e escutai, todos os moradores da terra: Aconteceu isto em vossos dias, ou nos dias de vossos pais?
3 Fazei sobre isto uma narração a vossos filhos, e vossos filhos a transmitam a seus filhos, e os filhos destes à geração seguinte.
4 O que a locusta cortadora deixou, a voadora o comeu; e o que a voadora deixou, a devoradora o comeu; e o que a devoradora deixou, a destruidora o comeu.
5 Despertai, bêbedos, e chorai; gemei, todos os que bebeis vinho, por causa do mosto; porque tirado é da vossa boca.
6 Porque sobre a minha terra é vinda uma nação poderosa e inumerável; os seus dentes são dentes de leão, e têm queixadas de uma leoa.
7 Fez da minha vide uma assolação, e tirou a casca à minha figueira; despiu-a toda, e a lançou por terra; os seus sarmentos se embranqueceram.
8 Lamenta como a virgem que está cingida de saco, pelo marido da sua mocidade.
9 Está cortada da casa do Senhor a oferta de cereais e a libação; os sacerdotes, ministros do Senhor, estão entristecidos.
10 O campo está assolado, e a terra chora; porque o trigo está destruído, o mosto se secou, o azeite falta.
11 Envergonhai-vos, lavradores, uivai, vinhateiros, sobre o trigo e a cevada; porque a colheita do campo pereceu.
12 A vide se secou, a figueira se murchou; a romeira também, e a palmeira e a macieira, sim, todas as árvores do campo se secaram; e a alegria esmoreceu entre os filhos dos homens.
13 Cingi-vos de saco e lamentai-vos, sacerdotes; uivai, ministros do altar; entrai e passai a noite vestidos de saco, ministros do meu Deus; porque foi cortada da casa do vosso Deus a oferta de cereais e a libação.
14 Santificai um jejum, convocai uma assembléia solene, congregai os anciãos, e todos os moradores da terra, na casa do Senhor vosso Deus, e clamai ao Senhor.
15 Ai do dia! pois o dia do Senhor está perto, e vem como assolação da parte do Todo-Poderoso.
16 Porventura não está cortado o mantimento de diante de nossos olhos? a alegria e o regozijo da casa do nosso Deus?
17 A semente mirrou debaixo dos seus torrões; os celeiros estão desolados, os armazéns arruinados; porque falharam os cereais.
18 Como geme o gado! As manadas de vacas estão confusas, porque não têm pasto; também os rebanhos de ovelhas estão desolados.
19 A ti clamo, ó Senhor; porque o fogo consumiu os pastos do deserto, e a chama abrasou todas as árvores do campo.
20 Até os animais do campo suspiram por ti; porque as correntes d'água se secaram, e o fogo consumiu os pastos do deserto.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Apocalipse 22


ADMOESTAÇÕES E PROMESSAS FINAIS. CONCLUSÃO

1 E mostrou-me o rio da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro.
2 No meio da sua praça, e de ambos os lados do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a cura das nações.
3 Ali não haverá jamais maldição. Nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão,
4 e verão a sua face; e nas suas frontes estará o seu nome.
5 E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de luz de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os alumiará; e reinarão pelos séculos dos séculos.
6 E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.
7 Eis que cedo venho; bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.
8 Eu, João, sou o que ouvi e vi estas coisas. E quando as ouvi e vi, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava, para o adorar.
9 Mas ele me disse: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.
10 Disse-me ainda: Não seles as palavras da profecia deste livro; porque próximo está o tempo.
11 Quem é injusto, faça injustiça ainda: e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, santifique-se ainda.
12 Eis que cedo venho e está comigo a minha recompensa, para retribuir a cada um segundo a sua obra.
13 Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro, o princípio e o fim.
14 Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestes [no sangue do Cordeiro] para que tenham direito à arvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.
15 Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica a mentira.
16 Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas a favor das igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.
17 E o Espírito e a noiva dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, receba de graça a água da vida.
18 Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas que estão escritas neste livro;
19 e se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro.
20 Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém; vem, Senhor Jesus.
21 A graça do Senhor Jesus seja com todos.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Apocalipse 21


OS NOVOS CÉUS E A NOVA TERRA (v. 1-8)

1 E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe.
2 E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, adereçada como uma noiva ataviada para o seu noivo.
3 E ouvi uma grande voz, vinda do trono, que dizia: Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles.
4 Ele enxugará de seus olhos toda lágrima; e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem lamento, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
5 E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve; porque estas palavras são fiéis e verdadeiras.
6 Disse-me ainda: está cumprido: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem tiver sede, de graça lhe darei a beber da fonte da água da vida.
7 Aquele que vencer herdará estas coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.
8 Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte.

A NOVA JERUSALÉM (v. 9-27)

9 E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro.
10 E levou-me em espírito a um grande e alto monte, e mostrou-me a santa cidade de Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus,
11 tendo a glória de Deus; e o seu brilho era semelhante a uma pedra preciosíssima, como se fosse jaspe cristalino;
12 e tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos dos filhos de Israel.
13 Ao oriente havia três portas, ao norte três portas, ao sul três portas, e ao ocidente três portas.
14 O muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles estavam os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro.
15 E aquele que falava comigo tinha por medida uma cana de ouro, para medir a cidade, as suas portas e o seu muro.
16 A cidade era quadrangular; e o seu comprimento era igual à sua largura. E mediu a cidade com a cana e tinha ela doze mil estádios; e o seu cumprimento, largura e altura eram iguais.
17 Também mediu o seu muro, e era de cento e quarenta e quatro côvados, segundo a medida de homem, isto é, de anjo.
18 O muro era construído de jaspe, e a cidade era de ouro puro, semelhante a vidro límpido.
19 Os fundamentos do muro da cidade estavam adornados de toda espécie de pedras preciosas. O primeiro fundamento era de jaspe; o segundo, de safira; o terceiro, de calcedônia; o quarto, de esmeralda;
20 o quinto, de sardônica; o sexto, de sárdio; o sétimo, de crisólito; o oitavo, de berilo; o nono, de topázio; o décimo, de crisópraso; o undécimo, de jacinto; o duodécimo, de ametista.
21 As doze portas eram doze pérolas: cada uma das portas era de uma só pérola; e a praça da cidade era de ouro puro, transparente como vidro.
22 Nela não vi santuário, porque o seu santuário é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro.
23 A cidade não necessita nem do sol, nem da lua, para que nela resplandeçam, porém a glória de Deus a tem alumiado, e o Cordeiro é a sua lâmpada.
24 As nações andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória.
25 As suas portas não se fecharão de dia, e noite ali não haverá;
26 e a ela trarão a glória e a honra das nações.
27 E não entrará nela coisa alguma impura, nem o que pratica abominação ou mentira; mas somente os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Apocalipse 20


SATANÁS É AMARRADO POR MIL ANOS. OS FIÉIS REINAM COM CRISTO (v. 1-6)

1 E vi descer do céu um anjo que tinha a chave do abismo e uma grande cadeia na sua mão.
2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos.
3 E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que mais não engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.

Um anjo, um somente, prendeu a Satanás.
Mil anos.

4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles aqueles a quem foi dado o poder de julgar. E vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na testa nem na mão; e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos.

5 Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição.
6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele mil anos.

SATANÁS É SOLTO, E DEPOIS VENCIDO PARA SEMPRE (v. 7-10)

7 E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão
8 e sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha.
9 E subiram sobre a largura da terra e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; mas desceu fogo do céu e os devorou.

10 E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.

Lugar: Lago de fogo e enxofre.
Quem vai para esse lugar: Satanás, da besta e do falso profeta.
Até quando ficaram nesse lugar: para todo o sempre.

O JUÍZO FINAL (v. 11-15)

11 E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu, e não se achou lugar para eles.
12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros. E abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.
13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.
14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.
15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.

Versão bíblica: RC
Comentários: JLS

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Apocalipse 19


A QUEDA DE BABILÓNIA. ALEGRIA E TRIUNFO NOS CÉUS (v. 1-10)

1 Depois destas coisas, ouvi no céu como que uma grande voz de uma imensa multidão, que dizia: Aleluia! A salvação e a glória e o poder pertencem ao nosso Deus;
2 porque verdadeiros e justos são os seus juízos, pois julgou a grande prostituta, que havia corrompido a terra com a sua prostituição, e das mãos dela vingou o sangue dos seus servos.
3 E outra vez disseram: Aleluia. E a fumaça dela sobe pelos séculos dos séculos.
4 Então os vinte e quatro anciãos e os quatro seres viventes prostraram-se e adoraram a Deus que está assentado no trono, dizendo: Amém. Aleluia!
5 E saiu do trono uma voz, dizendo: Louvai o nosso Deus, vós, todos os seus servos, e vós que o temeis, assim pequenos como grandes.
6 Também ouvi uma voz como a de grande multidão, como a voz de muitas águas, e como a voz de fortes trovões, que dizia: Aleluia! Porque já reina o Senhor nosso Deus, o Todo-Poderoso.
7 Regozijemo-nos, e exultemos, e demos-lhe a glória; porque são chegadas as bodas do Cordeiro, e já a sua noiva se preparou,
8 e foi-lhe permitido vestir-se de linho fino, resplandecente e puro; pois o linho fino são as obras justas dos santos.
9 E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. Disse-me ainda: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.
10 Então me lancei a seus pés para adorá-lo, mas ele me disse: Olha, não faças tal: sou conservo teu e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus; adora a Deus; pois o testemunho de Jesus é o espírito da profecia.

VITÓRIAS DE CRISTO SOBRE A BESTA E SOBRE O FALSO PROFETA (v. 11-21)

11 E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava montado nele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga a peleja com justiça.
12 Os seus olhos eram como chama de fogo; sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.
13 Estava vestido de um manto salpicado de sangue; e o nome pelo qual se chama é o Verbo de Deus.
14 Seguiam-no os exércitos que estão no céu, em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.
15 Da sua boca saía uma espada afiada, para ferir com ela as nações; ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso.
16 No manto, sobre a sua coxa tem escrito o nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores.
17 E vi um anjo em pé no sol; e clamou com grande voz, dizendo a todas as aves que voavam pelo meio do céu: Vinde, ajuntai-vos para a grande ceia de Deus,
18 para comerdes carnes de reis, carnes de comandantes, carnes de poderosos, carnes de cavalos e dos que neles montavam, sim, carnes de todos os homens, livres e escravos, pequenos e grandes.
19 E vi a besta, e os reis da terra, e os seus exércitos reunidos para fazerem guerra àquele que estava montado no cavalo, e ao seu exército.
20 E a besta foi presa, e com ela o falso profeta que fizera diante dela os sinais com que enganou os que receberam o sinal da besta e os que adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre.
21 E os demais foram mortos pela espada que saía da boca daquele que estava montado no cavalo; e todas as aves se fartaram das carnes deles.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Apocalipse 18


A QUEDA DE BABILÔNIA. LAMENTAÇÕES SOBRE A TERRA

1 Depois destas coisas vi descer do céu outro anjo que tinha grande autoridade, e a terra foi iluminada com a sua glória.

2 E ele clamou com voz forte, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo, e guarida de toda ave imunda e detestável.

3 Porque todas as nações têm bebido do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias.

4 Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos sete pecados, e para que não incorras nas suas pragas.

5 Porque os seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.

6 Tornai a dar-lhe como também ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber dai-lhe a ela em dobro.

7 Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, tanto lhe dai de tormento e de pranto; pois que ela diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e de modo algum verei o pranto.

8 Por isso, num mesmo dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será consumida no fogo; porque forte é o Senhor Deus que a julga.

9 E os reis da terra, que com ela se prostituíram e viveram em delícias, sobre ela chorarão e prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio;
10 e, estando de longe por medo do tormento dela, dirão: Ai! ai da grande cidade, Babilônia, a cidade forte! pois numa só hora veio o teu julgamento.

11 E sobre ela choram e lamentam os mercadores da terra; porque ninguém compra mais as suas mercadorias:
12 mercadorias de ouro, de prata, de pedras preciosas, de pérolas, de linho fino, de púrpura, de seda e de escarlata; e toda espécie de madeira odorífera, e todo objeto de marfim, de madeira preciosíssima, de bronze, de ferro e de mármore;
13 e canela, especiarias, perfume, mirra e incenso; e vinho, azeite, flor de farinha e trigo; e gado, ovelhas, cavalos e carros; e escravos, e até almas de homens.

14 Também os frutos que a tua alma cobiçava foram-se de ti; e todas as coisas delicadas e suntuosas se foram de ti, e nunca mais se acharão.
15 Os mercadores destas coisas, que por ela se enriqueceram, ficarão de longe por medo do tormento dela, chorando e lamentando,
16 dizendo: Ai! ai da grande cidade, da que estava vestida de linho fino, de púrpura, de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas, e pérolas! porque numa só hora foram assoladas tantas riquezas.
17 E todo piloto, e todo o que navega para qualquer porto e todos os marinheiros, e todos os que trabalham no mar se puseram de longe;
18 e, contemplando a fumaça do incêndio dela, clamavam: Que cidade é semelhante a esta grande cidade?
19 E lançaram pó sobre as suas cabeças, e clamavam, chorando e lamentando, dizendo: Ai! ai da grande cidade, na qual todos os que tinham naus no mar se enriqueceram em razão da sua opulência! Porque numa só hora foi assolada.
20 Exulta sobre ela, ó céu, e vós, santos e apóstolos e profetas; porque Deus vindicou a vossa causa contra ela.
21 Um forte anjo levantou uma pedra, qual uma grande mó, e lançou-a no mar, dizendo: Com igual ímpeto será lançada Babilônia, a grande cidade, e nunca mais será achada.
22 E em ti não se ouvirá mais o som de harpistas, de músicos, de flautistas e de trombeteiros; e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e em ti não mais se ouvirá ruído de mó;

23 e luz de candeia não mais brilhará em ti, e voz de noivo e de noiva não mais em ti se ouvirá; porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias.

24 E nela se achou o sangue dos profetas, e dos santos, e de todos os que foram mortos na terra.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Apocalipse 17


A QUEDA DA BABILÓNIA. A VISÃO DA GRANDE PROSTITUTA, ASSENTADA SOBRE A BESTA

1 E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas,
2 com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam na terra se embebedaram com o vinho da sua prostituição.
3 E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor escarlate, que estava cheia de nomes de blasfêmia e tinha sete cabeças e dez chifres.
4 E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, adornada com ouro, e pedras preciosas, e pérolas, e tinha na mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição.
5 E, na sua testa, estava escrito o nome: MISTÉRIO, A GRANDE BABILÔNIA, A MÃE DAS PROSTITUIÇÕES E ABOMINAÇÕES DA TERRA.

6 E vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos e do sangue das testemunhas de Jesus. E, vendo-a eu, maravilhei-me com grande admiração.

"embriagada" μεθυω methuo
Estar bêbado.
De alguém que tem derramado sangue ou assassinado profusamente (abundantemente).

Satanás pede o sangra (a vida) dos seguidores de Jesus.
Jesus dá Seu sangue (Sua vida) para os que querem segui-lo (Ap 5:9)

7 E o anjo me disse: Por que te admiras? Eu te direi o mistério da mulher e da besta que a traz, a qual tem sete cabeças e dez chifres.
8 A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição. E os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão vendo a besta que era e já não é, mas que virá.
9 Aqui há sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada.
10 E são também sete reis: cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo.
11 E a besta, que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição.
12 E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão o poder como reis por uma hora, juntamente com a besta.
13 Estes têm um mesmo intento e entregarão o seu poder e autoridade à besta.

14 Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão os que estão com ele, chamados, eleitos e fiéis.

Aleluias!

Podemos não entender muitas coisas desse capítulo, ou mesmo do livro de Apocalipse; mas uma coisa é necessária entender: "vencerão os que estão com ele (com Jesus).
Tudo o que então precisamos, é de estar com Jesus agora e no futuro!

15 E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos, e multidões, e nações, e línguas.

Povos, multidões, nações e línguas, são alvos de Satanás para reinar.
Mas os povos, multidões, nações e línguas, são do Senhor Jesus Cristo (Ap 5:9, 10).

16 E os dez chifres que viste na besta são os que aborrecerão a prostituta, e a porão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo.
17 Porque Deus tem posto em seu coração que cumpram o seu intento, e tenham uma mesma ideia, e que deem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus.
18 E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra.

Versão bíblica: RC
Comentários: JLS

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Apocalipse 16


1 E ouvi, vinda do santuário, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide e derramai sobre a terra as sete taças, da ira de Deus.
2 Então foi o primeiro e derramou a sua taça sobre a terra; e apareceu uma chaga ruim e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem.
3 O segundo anjo derramou a sua taça no mar, que se tornou em sangue como de um morto, e morreu todo ser vivente que estava no mar.
4 O terceiro anjo derramou a sua taça nos rios e nas fontes das águas, e se tornaram em sangue.
5 E ouvi o anjo das águas dizer: Justo és tu, que és e que eras, o Santo; porque julgaste estas coisas;
6 porque derramaram o sangue de santos e de profetas, e tu lhes tens dado sangue a beber; eles o merecem.
7 E ouvi uma voz do altar, que dizia: Na verdade, ó Senhor Deus Todo-Poderoso, verdadeiros e justos são os teus juízos.
8 O quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe permitido que abrasasse os homens com fogo.
9 E os homens foram abrasados com grande calor; e blasfemaram o nome de Deus, que tem poder sobre estas pragas; e não se arrependeram para lhe darem glória.
10 O quinto anjo derramou a sua taça sobre o trono da besta, e o seu reino se fez tenebroso; e os homens mordiam de dor as suas línguas.
11 E por causa das suas dores, e por causa das suas chagas, blasfemaram o Deus do céu; e não se arrependeram das suas obras.
12 O sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou-se, para que se preparasse o caminho dos reis que vêm do oriente.
13 E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta, vi saírem três espíritos imundos, semelhantes a rãs.
14 Pois são espíritos de demônios, que operam sinais; os quais vão ao encontro dos reis de todo o mundo, para os congregar para a batalha do grande dia do Deus Todo-Poderoso.
15 (Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua nudez.)
16 E eles os congregaram no lugar que em hebraico se chama Armagedom.
17 O sétimo anjo derramou a sua taça no ar; e saiu uma grande voz do santuário, da parte do trono, dizendo: Está feito.
18 E houve relâmpagos e vozes e trovões; houve também um grande terremoto, qual nunca houvera desde que há homens sobre a terra, terremoto tão forte quão grande;
19 e a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e Deus lembrou-se da grande Babilônia, para lhe dar o cálice do vinho do furor da sua ira.
20 Todas ilhas fugiram, e os montes não mais se acharam.
21 E sobre os homens caiu do céu uma grande saraivada, pedras quase do peso de um talento; e os homens blasfemaram de Deus por causa da praga da saraivada; porque a sua praga era mui grande.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

A Identidade da Igreja

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

QUEM SOMOS E O QUE FAZEMOS

Há uma crise de identidade no mundo e até na vida de muitos que se chamam cristãos.
Um dos motivos de uma crise de identidade é pelo fato da pessoa desconhecer sua origem.

Uma Igreja sem propósito em missões é porque se esqueceu de sua origem. Precisa voltar para o começo de tudo, para Jerusalém.
Temos que ter claro quem somos e qual é nossa tarefa nesse mundo.

Posso saber bem quem eu sou e o que devo fazer
 quando recebo o que vem do alto.

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Poder quer dizer  “dunamis” de onde vem a palavra “dinamite’.

O dunamis do Espírito Santo implode dentro de nós.

É uma rebentação de explosivos do céu que provoca um demolição das obras da carne e é centrada dentro de nós.

Um prédio quando é implodido não atinge ninguém a não ser a si mesmo.

A obra do Espírito Santo começa de dentro para fora.

Mudar o exterior sem mudar o interior, é hipocrisia.
Tentar mudar o exterior sem mudar o interior é ser muito ingênuo.
Entender que a mudança começa através de uma implosão do Espírito para  logo haver uma explosão, é ter alcançado o entendimento correto da Palavra.

Foi isso o que aconteceu em Atos 2, “receberam dentro, foram cheios por dentro”

Atos 2:4
E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem.

O dunamis do Espírito Santo explode para fora de nós.

Rebenta pelos ares.
Expande-se ruidosamente.
Afeta a todos os que estão ao nosso redor e pode chegar até os confins da terra.

Quando um prédio é explodido afeta a tudo e a todos que estão ao redor. Assim deve ser o crente.

Se não acontecer a implosão e a explosão, é que não recebemos ainda esse dinamite, mas talvez uma “bombinha” fabricada no laboratório do emocionalismo religioso, desequilibrado e anti-bíblico.

Em Atos 2 aconteceu “receberam dentro, foram cheios por dentro e logo começaram a falar – uma expressão de explosão”

Atos 2:4
E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem.

Aconteceu em Jerusalém e esta acontecendo em Jundiaí, no Brasil e em muitos lugares!

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Descer – Vem do Alto.

Não é fogo estranho, mas fogo do alto de Deus.
Vivemos em um mundo de imitações, o falso parecendo o verdadeiro.
Muitos criam seus “fogos” em suas “santas fogueiras” que não muda nada, é só barulho como de uma lata vazia.

Desceu fogo sobre o altar que o sacerdote oferecia sacrifício.

Levítico 6:13
O fogo se conservará continuamente aceso sobre o altar; não se apagará.

Desceu fogo sobre o altar de Elias.

1 Reis 18:38
Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego.

Desceu fogo no dia de Pentecostes.

Atos 2:1-4
1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.
2 De repente veio do céu um ruído, como que de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.
3 E lhes apareceram umas línguas como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
4 E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem.

Esse fogo desceu sobre minha vida na cidade de Jundiaí no ano de 1987.
Na ocasião, um jovem pregador disse que o Espírito Santo estava na igreja e eu acreditei. Terminou o culto e eu ainda não tinha sido batizado com o Espírito Santo. Não sai de lá até que Jesus me batizou.

Um jovem chinês querendo sabedoria, foi levado por seu mestre a um rio e o segurou de baixo da água. Na terceira vez e tendo o jovem quase desfalecido; o mestre lhe perguntou o que ele mais queria quando estava quase morrendo; o jovem falou que respirar.
O mestre lhe disse: O dia que você desejar sabedoria assim como desejou respirar, a terá.

O quanto você deseja uma vida cheia do Espírito Santo?

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Ser para fazer – “ser-me-eis”

Posso saber bem quem eu sou e o que devo fazer
 quando recebo o que vem do alto.

Somos somente quando recebemos dele.
Essa é nossa identidade, essa é a razão de estarmos nessa terra ainda.

Cristãos frustrados?
Cristãos dando trabalho e mal testemunho?
Cristãos com crise de identidade?
Cristãos que pensam que é aqui o “paraíso”?
Cristãos acomodados e desfrutando da prosperidade do Brasil e da igreja brasileira?
Cristãos com sentimentos de vazio?

Falta receber poder para ser testemunha!

Se não sou (testemunha) é porque não recebi (poder do Espírito Santo) e se não recebi é porque não busquei e se não busquei é porque não é minha prioridade e se não é minha prioridade, devo questionar-me se de verdade sou discipulado de Jesus.

A identidade da igreja é viver no dinamite do Espírito Santo em uma implosão e explosão e logo ser testemunha de Jesus.
Isso é o que devemos ser e fazer.

ONDE VAMOS SER E ONDE VAMOS FAZER

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Lendo Atos 1:8, encontrei 4 lugares onde devemos ser testemunhas cheios desse fogo do Espírito Santo.

Logo o Espírito do Senhor me levou a Gênesis 2:10-14 onde encontrei um rio com 4 braços.

Estudando sobre o jardim do Éden e a forma como Deus o fez, descobri algumas verdades que estão ligadas com a igreja, o Espírito Santo e a evangelização mundial.

O jardim do Éden era o lugar de Deus para Adão e Eva.
Deus planejou e desenhou o jardim como um modelo de Seu plano perfeito para o homem.
No plano divino estava que o homem viveria dentro do jardim; ele foi expulso do jardim por causa do pecado (Gênesis 3:23).

O jardim pode representar o propósito de Deus para nós; se pecamos contra Deus, saímos de Seu propósito.

É fundamental a água para manter a vida. Cidades são formadas próximas a rios de onde provem peixes, água para beber, banhar-se, regar a terra, etc. O rio era para os povos antigos a garantia da vida e segue sendo na atualidade para nós.

Em Cristo também temos um rio de vida que é o Espírito Santo.

João 7:38-39
37 Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.

Interior = começa por dentro. O mesmo que uma implosão, um arrebentar das águas.
Correrão = de dentro para fora. O mesmo que uma explosão, um romper das águas para alem mar.

Penso em nosso planeta:

Visto pelo lado de fora, o planeta deveria se chamar água.
Aproximadamente 70% da superfície terrestre encontra-se coberta por água.
Como igreja, devemos estar cheios das águas do Espírito e levar aos sedentos.

39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado.

O Espírito Santo representa fogo para queimar e purificar.
O Espírito Santo representa água para transbordar e correr.

No plano e propósito de Deus para a vida do ser humano, Ele proveu tudo.
Se você estiver dentro de Sua vontade desfrutará dessa vida abundante (João 10:10b).
Atos 1:8 esta a providência de Deus para missões.

Adão e Eva perderam a grande oportunidade de suas vidas de desfrutar do rio que havia no jardim e de todas suas bênçãos por causa da desobediência.
Podemos perder a bênção e o privilégio de evangelizar o mundo por causa do comodismo, da mesmice e do pecado.

Atos 1:8 apresenta 4 partes onde devemos ser testemunhas.
Gênesis 2:10-14 - apresenta 4 braços que saiam do rio no jardim do Éden.

Plenitude

O número quatro na Bíblia fala de expansão total ou plenitude.

Na festa das primícias, o sacerdote levantava um pequeno feixe constituído dos primeiros grãos amadurecidos da seara, antes mesmo da colheita começar, e o agitava perante o altar apontando para os 4 pontos cardinais – norte, sul, leste e oeste.

Era um ato profético pois na festa de pentecostes a igreja estava oferendo ao Senhor os primeiros frutos - 3 mil almas e agitando os frutos para os quatro cantos da terra.

Responsabilidade

Dessas águas que saiam dos quatro braços, Adão tinha a responsabilidade de lavrar e cuidar da terra.
Das águas recebidas do Espírito Santo, temos a responsabilidade nessa geração de lavrar e cuidar das nações.

Deus já proveu plenamente a sustentação de tua vida em todos os sentidos.

Talvez você pergunte: "Não vejo isso". Então lhe pergunto: "Você tem sido responsável em cuidar de tua espiritualidade, tua vida emocional, física, teus relacionamentos, etc., alimentando-se das águas de Deus, ou tem ido beber em outras fontes?”.

Jerusalém = Pison
Judéia = Gion
Samaria = Hidequel
Confins da terra = Eufrates

1.  Jerusalém = Pison

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Genesis 2:11, 12
11 O nome do primeiro é Pisom: este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro;
12 e o ouro dessa terra é bom: ali há o bdélio, e a pedra de berilo.

Jerusalém = cidade de paz.
Pisom = Plenitude.

Não temos “paz” quando não cumprimos a Grande Comissão.
Não entendo como cristãos podem estar sossegados, enquanto há um mundo que se perde.

Atos 2 diz que os discípulos foram “cheios do Espírito Santo”.

1o braço - Pison: Grande difusão de correntes de águas que fluem em aumento gratuitamente sendo lançada para um pais estrangeiro.

A mesma idéia do principio da criação é aplicada para o principio da igreja.

Gênesis apresenta o principio dos céus e da terra.
Atos apresenta o principio da igreja.

Gênesis apresenta a terra sem forma e vazia.
Atos apresenta a igreja com forma e cheia do Espirito Santo.

Abundância

O primeiro braço chamava-se Pisom (Gn 2:11, 12) e significa: Grande difusão de correntes de águas que fluem em aumento gratuitamente sendo lançada para um país estrangeiro.

Uma igreja cheia do Espírito Santo levará essas águas aos sedentos de todas as nações.

Esse era o propósito de Deus para Adão e Eva - Desfrutar de Pisom.
Desfrute da plenitude de Deus

João 7:37-39
37 Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.
39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado.

Viver o propósito de Deus em sua plenitude, é ir alem fronteiras.

Nossa visão se dilata, saímos de nossas quatro paredes, enxergamos as oportunidades de Deus para abençoar nossa família, amigos, igreja e as nações.

Valores

Gênesis 2:11, 12
11 O nome do primeiro é Pisom: este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro;
12 e o ouro dessa terra é bom: ali há o bdélio, e a pedra de berilo.

Esse braço chamado Pisom, rodeava a terra de Havilá, onde havia ouro e ouro bom (v. 11).
Ouro representa a divindade, natureza e a glória de Deus.

Se o ouro fala de Deus, a pérola fala do homem (v. 12).
Uma pérola é um grão de pó que foi transformado. Seu processo foi “doloroso” até chegar a ser de grande valor.

Em Pisom, Deus queria lembrar a Adão e Eva que ambos foram feitos à Sua imagem e semelhança e que seriam provados no caráter.
Com a nossa natureza caída, o Senhor nos convida para fazer de nós “pérolas”, caráter formado em Cristo, atitudes de valores, conduta que honra o Senhor o que representa essas pedras preciosas que se encontrava em Pisom.

O que tem importância para você hoje? Coisas materiais, seu bem estar ou a Grande Comissão?

Não podemos abrir mão de nossos valores, princípios, fé, doutrina, compromisso direto com Atos 1:8 e Mateus 28:18-20, etc.

Deus te chama para Sua plenitude; Deus te chama para tua responsabilidade.
Deus te chama para Sua abundância e valores.

Venha andar pelo jardim com Ele hoje no braço do rio chamado Pison.

2. Judéia = Gion

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Gênesis 2:13
O nome do segundo rio é Giom: este é o que rodeia toda a terra de Cuche.

2o braço – Gion: Correnteza forte que arrebenta as margens.
Cush (Etiópia). Você sabia que há uma igreja na Etiópia com mais de um milhão de crentes.

Arrebentar as margens.

Somos muito propensos em colocar limites, mas essas águas de Deus vão arrebentar as margens do que entendemos até agora.
Paradigmas, conceitos, religiosidades, etc. Tudo se arrebenta quando recebemos o que vem do Alto.

Debaixo da escada da sede; meu lugar de oração, com 18 anos o Senhor me disse:

Efésios 3:20
Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,

Quando eu ia na Várzea Paulista, eu pensava que tinha ido muito longe.

Ele arrebentou as margens.

Isaías 54:1-3
1 Canta, alegremente, ó estéril, que não deste à luz; exulta de prazer com alegre canto, e exclama, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da desolada, do que os filhos da casada, diz o Senhor.
Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeçasalonga as tuas cordas, e firma bem as tuas estacas.
3 Porque trasbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua posteridade possuirá as nações e fará que sejam habitadas as cidades assoladas.

3. Samaria = Hidequel

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Gênesis 2:14
O nome do terceiro rio é Tigre: este é o que corre pelo oriente da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates.

3o braço – Hidequel ou Tigre: Rápido.
Tigre é a Assíria e essa região é plana onde pode rapidamente encher-se das águas desse rio.

De vale em um manancial de águas.

Salmos 84:6
Passando pelo vale (seco) de Baca, fazem dele um lugar de fontes; e a primeira chuva o cobre de bênçãos.

Deus tem presa!
Deus é o Deus do já!

4. Confins da terra = Eufrates

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Gênesis 2:14
O nome do terceiro rio é Tigre: este é o que corre pelo oriente da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates.

4o braço – Eufrates: Frutífero, Fértil, Doce.
Precisamos dar frutos (é o que as pessoas vão ver e assim poderam ver a Jesus)

Gálatas 5:22, 23
22 Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade.
23 a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei.

Frutos de almas: Não chegar com as mãos vazias.
Primeiro vem as flores, depois os frutos.
A vara de Arão floresceu.
Ministério frutífero.

CONCLUSÃO

Posso saber bem quem eu sou e o que devo fazer, quando recebo o que vem do alto.
Permita que o dunamis do Espírito Santo venha implodir dentro de você.
A obra do Espírito Santo começa de dentro para fora.

Permita que o dunamis do Espírito Santo venha explodir para fora de você.
Afetará a todos os que estão ao seu reder e pode chegar até os confins da terra.

A IDENTIDADE DA IGREJA É VIVER NO DINAMITE DO ESPÍRITO SANTO EM UMA IMPLOSÃO E EXPLOSÃO E LOGO SER TESTEMUNHA DE JESUS.

Jerusalém - 1o braço - Pison: Grande difusão de correntes de águas que fluem em aumento gratuitamente sendo lançada para um pais estrangeiro.

Judéia - 2o braço – Gion: Correnteza forte que arrebenta as margens.
Cush (Etiópia)

Samaria - 3o braço – Hidequel ou Tigre: Rápido.

Confins da terra - 4o braço – Eufrates: Frutífero, Fértil, Doce.
Precisamos dar frutos (é o que as pessoas vão ver e assim poderam ver a Jesus).


JLS

Ficaram com Ele - João 1.39

Clique aqui para ouvir